PROGRAMAÇÃO DE CURSOS

2024

FALTAM

Dias
Horas
Minutos
Segundos

A LICITAÇÃO INTERNACIONAL DEVE OCORRER INTEGRALMENTE NO EXTERIOR?

O art. 42 da Lei 8.666/93 dispõe sobre as concorrências de âmbito internacional, no entanto, não faz menção de forma precisa das distinções entre licitação nacional e internacional. Contudo, a lei 14.133/2021, em seu art. 6º, XXXVI, trouxe o conceito de licitação internacional, suprindo as omissões das legislações anteriores. Portanto, a licitação internacional é aquela “processada em território nacional na qual é admitida a participação de licitantes estrangeiros, com a possibilidade de cotação de preços em moeda estrangeira, ou licitação na qual o objeto contratual pode ou deve ser executado no todo ou em parte em território estrangeiro”.

Assim, entende-se que não é necessário que a licitação ocorra integralmente no exterior, tampouco que haja divulgação do edital do exterior, como vinha entendendo o Tribunal de Contas da União (Acórdão nº 2672/2017). Todavia, é possível ter uma licitação internacional sem que haja de fato licitantes internacionais.
Dito isto, quais são as peculiaridades desse instituto? O que mais entende a doutrina e a jurisprudência?

O tema é de suma importância para a Administração Pública e merece atenção específica.
Assim, nos dias 18 a 20 de agosto, em parceria com o professor Jonas Lima, advogado com 25 anos de experiência em certames nacionais e internacionais, ministraremos o curso LICITAÇÕES INTERNACIONAIS – TEORIA E PRÁTICA.
Ao final do curso, os alunos estarão aptos a conduzir o planejamento e todo o procedimento de licitação internacional.

Não deixe para a última hora!
www.eloconsultoria.com
Tel.: (61) 3327-1142
WhatsApp: (61) 98592-4828

Rate this post

>>>

Veja nossos próximos cursos

Contate-nos por Telefone

Ligue para: 61 3327 1142

Caso prefeir, deixe seus dados e nós ligamos para você.

DIREITOS RESERVADOS

Elo Consultoria Empresarial e Produção de Eventos Ltda e a Escola de Negócios Elo Cursos e Eventos reservam–se o direito de cancelar unilateralmente a realização dos cursos, Seminários e Congressos ou ainda reagendar datas e horários. Obrigando–se a comunicar antecipadamente aos inscritos. O que não caracterizará infração administrativa ou civil, ficando isentas de qualquer sanção, indenização ou reparação (material e moral).

Envie-nos um E-mail

Envie uma mensagem através do formulário: